TODA UMA DELEGAÇÃO É ACUSADA DE DOPING NAS OLIMPIADAS DE PEQUIM EM 2008.

TODA  UMA  DELEGAÇÃO  É   ACUSADA  DE  DOPING  NAS   OLIMPIADAS  DE  PEQUIM   EM    2008.

 

 

 

             Com esse texto, um informe publicitário provavelmente subirá ao mais alto degrau do pódio, no ranking dos sites de busca em milésimos de segundo.

              A largada para o teste foi dada!

               Nesse contexto, cabe a esse redator explicar que a cera líquida Microlite, a mais famosa do mundo, jamais foi acusada de doping.

              Certamente com sua overdose de qualidade despertou sim  mais do que suspeitas, tendo sido exaustivamente testada, em simultâneas coletas de amostras, que só serviram para deixar boquiabertos os demais concorrentes, os jornalistas que testemunharam e os juízes que puderam testar e comprovar, que além de ser a mais famosa a cera líquida Microlite foi sem dúvida a única que passou em todos os rigorosos testes nas condições metereologicas adversas de países como o Brasil e a China.

              Há eu se aguardar ainda as contraprovas, recebidas de diversos lava-jatos, postos de serviços e gasolina, marinas e concessionárias de veículos que já se utilizam da resina Microlite.

              Em que pese o testemunho ocular de milhares e milhares de usuários, em que pese já ter uma entrada única de cerca de 25.000 consultas, o site http://www.microlitebrasil.com.br, da Microlite, auditado pelo analytcs do Google certamente acusará a presença do informe com um pico de audiência no veículo em que for publicado.

              A cera líquida Microlite é patrocinadora do piloto de stock light Fábio Carreira, que está na liderança da Copa Vicar. Patrocinado por outras marcas famosas como a Academia Pelé Clube, FRAM, STP e Eurofarma. Certamente os competentes responsáveis pela divulgação dessas marcas observarão como o conjunto de marcas nomeadas em um mesmo texto afeta a subida no ranking e certamente a audiência da página.

               Não há grande pretensão no teste. Afinal, o trabalho diário feito com 15 minutos de inspiração e seis meses de transpiração (veja o texto http://docs.google.com/Doc?docid=dcmrw8wt_69hk2mg2c5&hl=pt_BR ) explicam que o trabalho deve ser diário, que a lição de casa deve ser feita todos os dias e que aproveitar um gancho é a legítima atitude de um redator que acorda à noite com uma idéia louca na cabeça e que se não colocar no papel… ops, na internet, certamente o sono não virá.

E.T. esqueçam esse papo de doping nas olimpíadas que é muito sério. É só um gancho para um texto despretensioso, com o qual o sono acabou chegando…

 

Marinho Guzman – Assessor de Imprensa da Microlite MTB-SP 16.207.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: